Como chegar
|
Contactos

Modelos de Intervenção Psicológica 1 2017/2018

  • 5 ECTS
  • Lecionada em Português
  • Avaliação Contínua

Objetivos

No final desta UC, os estudantes deverão ser capazes de:
- Compreender a emergência, contexto histórico e desenvolvimentos actuais dos modelos de intervenção psicológica psicodinâmicos e humanistas;
- Caracterizar os principais modelos de intervenção psicológica, nomeadamente: a) teorias de mudança psicológica, b) principais estratégias de mudança psicológica;
- Identificar factores específicos e factores comuns a diferentes modelos psicoterapêuticos;
- Identificar os principais ingredientes de eficácia terapêutica;
- Reconhecimento dos principais resultados da investigação de processo e resultado em psicoterapia;

Pré-Requisitos Recomendados

É importante para esta unidade curricular que o estudante detenha conhecimentos básicos ao nível da História da Psicologia, nomeadamente das teorias Psicodinâmicas e Humanistas.

Método de Ensino

As aulas expositivas teórico-práticas conciliarão metodologias expositiva - suportada em diapositivos e na discussão e comentário da bibliografia recomendada e complementar, bem como de artigos científicos, - e ativa - pressupondo a realização de exercícios práticos em grupo, visionamento e análise de filmes e de um trabalho de grupo em que os alunos aplicarão os seus conhecimentos a um caso clínico.

Conteúdos Programáticos

Parte 1: Introdução
1.1. Perspectiva Histórica
1.2 Modelo Médico e Modelo Contextual
1.3.Componentes de Mudança: factores comuns e factores específicos
1.4. Movimento das Terapias Empiricamente Validadas Vs. Veredito “Pássaro Dodo”

Parte 2: Ingredientes da Eficácia Terapêutica
2.1. Variáveis do cliente
2.2. Variáveis do terapeuta e da relação terapêutica
2.3. Investigação de Processo e de Resultado

Parte 3: Modelos Centrais de Intervenção Psicológica
3.1. Modelos psicodinâmicos
a. Contextualização histórica
b. Introdução à psicanálise
c. Principais modelos teóricos: Conceitos centrais
d. Características da terapia dinâmica breve
e. Processo terapêutico
f. Desenvolvimentos futuros
3.2. Modelos humanistas
a. Contextualização histórica
b. Teorias humanistas: Conceitos centrais
c. Desenvolvimento da terapia centrada no cliente
d. Processo terapêutico
e. Desenvolvimentos futuros

Bibliografia e Webgrafia Recomendada

Freud, S. (1905/2001). Três ensaios sobre a teoria da sexualidade. Lisboa: Livros do Brasil.

Freud, S. (1969/1998). Além do princípio de prazer. Rio de Janeiro: Imago Editora.

Lambert, M. J. (2013) (Ed). Bergin & Garfield’s handbook of psychotherapy and behavior change (6th Ed.). New York: Wiley.

Levenson, H. (2010). Brief dynamic therapy. Washington, DC: APA. .

Cain, D. J. (2010). Person-centered therapies. Washington, DC: APA.

Rogers, C. (1942/1974). Psicoterapia e consulta psicológica. Lisboa: Moraes Editores.

Rogers, C. (1951/1974). Terapia centrada no paciente. Lisboa: Moraes Editores.

Rogers, C. (1961/1984). Tornar-se pessoa. Lisboa: Moraes Editores.

O’Leary, E. (2013). Gestalt therapy around the world. Oxford: Wiley-Blackwell.

Wampold, B. E. & Imel, A. E. (2015). The great psychotherapy debate: The Evidence for What makes Psychotherapy Work. New York: Routledge.

Bibliografia Complementar

APA Presidential Task Force on Evidence-Based Practice (2006). Evidence-Based Practice in Psychology. American Psychologist, Vol. 61, No. 4, 271–285.

Braconnier, A. (2000). Psicologia dinâmica e psicanálise. Lisboa: Climepsi Editores.

Ellenberger, H. (1970). The discovery of the unconscious: the history and evolution of dynamic psychiatry. New York: BasicBooks.

Frankl, V. (2004). On the theory and the therapy of mental disorders. New York: Brunner-Routledge.

Planificação Semanal

1a semana
Apresentação dos conteúdos programáticos, critérios de avaliação e organização dos trabalhos teórico-práticos.
Parte 1: Introdução
1.1. Perspectiva Histórica


2ª semana
Parte 1: Introdução
1.2 Modelo Médico e Modelo Contextual
1.3.Componentes de Mudança: factores comuns e factores específicos
1.4. Movimento das Terapias Empiricamente Validadas Vs. Veredito “Pássaro Dodo”


3a semana
Parte 2: Ingredientes da Eficácia Terapêutica
2.1. Variáveis do cliente
2.2. Variáveis do terapeuta e da relação terapêutica
2.3. Investigação de Processo e de Resultado

4ª semana
Parte 2: Ingredientes da Eficácia Terapêutica
Investigação de processo e de resultado
Discussão de artigos científicos

5ª semana
Parte 3
3.1. Modelos psicodinâmicos
a. Contextualização histórica
b. Introdução à psicanálise
c. Principais modelos teóricos: Conceitos centrais

6ª semana
3.1. Modelos psicodinâmicos
d. Principais modelos teóricos: O modelo de Freud
e. Psicoterapia dinâmica breve

7a semana
3.1. Modelos psicodinâmicos: treino de competências práticas


8ª semana
3.2. Modelos humanistas
a. Contextualização histórica
9ª semana
Mini-teste
3.2. Modelos humanistas
b. Teorias humanistas: Conceitos centrais


10a semana
3.2. Modelos humanistas
c. Terapia Centrada no Cliente

11ª semana
3.2. Modelos humanistas (cont.)
d. Terapia da Gestalt

12ª semana
3.2. Modelos humanistas
e. Terapia Focada nas Emoções

13ª semana
Terapia Narrativa

14a semana
Semelhanças e diferenças entre modelos de intervenção psicológica: Reflexão e conclusão

15a semana
Discussão de artigos científicos
Mini-teste

16ª semana
Apresentação de trabalhos

Coerência do programa para com os objetivos

Esta UC pretende que os alunos sejam capazes de compreender a psicoterapia como uma atividade intencional de promoção da mudança comportamental e de um funcionamento adaptativo; Desta forma, os conteúdos programáticos incluem uma revisão de alguns dos modelos de intervenção psicológica mais centrais e com mais tradição na Psicologia. Estes modelos serão apresentados de acordo com o seu contexto histórico de emergência, sendo ainda analisados os seus desenvolvimentos mais atuais, a nível teórico e empírico. Os conteúdos programáticos incluem ainda uma revisão dos principais resultados empíricos da investigação em processo e resultado em psicoterapia, permitindo aos alunos refletir de uma forma crítica sobre os fatores que se têm revelado mais associados à eficácia terapêutica.

Coerência dos métodos de ensino para com os objetivos

As metodologias de ensino apresentadas foram selecionadas de acordo com a sua capacidade de facilitar e promover a aquisição dos conteúdos da unidade curricular por parte dos alunos, quer na sua vertente teórica quer na sua vertente prática. A exposição de conteúdos teóricos relativos aos modelos de intervenção psicológica e resultados de investigação em psicoterapia será complementada com outras metododologias multimédia, tais como a visualização de vídeos, e com a permanente estimulação da participação ativa e reflexão crítica por parte dos alunos. Esta metodologia ativa e multidimensional permitirá aos alunos esclarecer dúvidas e construir o seu próprio quadro de referência no que respeita aos modelos de intervenção psicológica existentes e sua aplicabilidade clínica. Este quadro de referência poderá ser operacionalizado no trabalho de grupo, em que os alunos terão oportunidade de aplicar estes conhecimentos a um caso clínico.

competência genérica relevantedesenvolvida?avaliada?
Análise e sínteseSimSim
Aptidão para aplicação na prática dos conhecimentos teóricosSimSim
Capacidade crítica e de avaliaçãoSimSim
Capacidade de adaptação a novas situaçõesSimSim
Capacidade de auto-critica e de auto-avaliaçãoSimSim
Capacidade de decisãoSimSim
Capacidade de investigaçãoSimSim
Competência em informática e uso de novas tecnologiasSim 
Competência em língua estrangeiraSim 
Comportamento ético e responsávelSimSim
Comunicação oral e escritaSimSim
CriatividadeSimSim
Gestão da informação e da aprendizagemSimSim
Preocupação com a eficáciaSimSim
Preocupação com a qualidadeSimSim
Resolução de problemasSim 
Saber organizar, planear e gerirSimSim
Trabalho em equipaSimSim
Valorização da diversidade e da multiculturalidadeSimSim
Este website usa cookies para funcionar melhor e medir a performance (Diretiva da União Europeia 2009/136/EC)
Por favor dispense alguns minutos para responder a umas perguntas rápidas sobre o nosso website.