Como chegar
|
Contactos

Métodos e Técnicas de Avaliação Psicológica 2 2017/2018

  • 5 ECTS
  • Lecionada em Português
  • Avaliação Contínua

Objetivos

Depois de concluída a unidade curricular, o/a aluno/a deverá ser capaz de:
• Avaliar criticamente processos de construção e validação de instrumentos de avaliação psicológica, bem como identificar as principais propriedades psicométricas dos instrumentos;
• Conhecer os fundamentos da avaliação da inteligência, da personalidade e de sintomas e recursos pessoais em contexto clínico e da saúde;
• Conhecer diferentes instrumentos para a avaliação da inteligência, da personalidade, e de sintomas e recursos psicológicos pessoais;
• Conhecer meios complementares/alternativos de avaliação, nomeadamente a avaliação computorizada;
• Compreender a importância da avaliação das intervenções psicológicas;
• Analisar as qualidades dos instrumentos de avaliação psicológica na resposta a questões de estudo e intervenção;
• Manusear (administrar, cotar e interpretar resultados) testes psicológicos;
• Integrar informações resultantes de vários instrumentos de avaliação.

Pré-Requisitos Recomendados

Recomenda-se o domínio de competências de análise de dados, bem como a frequência da unidade curricular de Métodos e Técnicas de Avaliação Psicológica I, do 2º ciclo em psicologia, onde são abordados conteúdos e conceitos relativos à qualidade dos instrumentos de avaliação e procedimentos de avaliação.

Método de Ensino

Procurar-se-á uma conciliação entre metodologias expositivas e metodologias ativas e participativas. Os métodos expositivos assentarão no recurso a suportes multimédia, com diapositivos powerpoint, análise de artigos científicos e manuais, e exploração de materiais de avaliação. Os métodos ativos baseiam-se na realização de atividades práticas, nomeadamente na reflexão e discussão dos potenciais dos instrumentos de avaliação psicológica e das suas qualidades. Estas atividades práticas procurarão ainda o treino de competências de seleção e manuseio de técnicas e instrumentos de avaliação psicológica. Os/as alunos/as serão estimulados/as a apresentar e discutir criticamente os fundamentos e normas da avaliação psicológica, bem como as suas experiências de aprendizagem no contacto com instrumentos de avaliação psicológica, realizando para o efeito trabalhos individuais e em pequeno grupo.

Conteúdos Programáticos

1. Testes psicológicos: construção e validação de instrumentos de avaliação. Normas e interpretação de scores. Avaliação da precisão.
2. Avaliação da inteligência
2.1. Constructos e medidas/testes
2.2 Potencialidades e limites dos testes de inteligência
2.3 Avaliação de produtos vs avaliação dinâmica
2.4 Avaliação de formas de inteligência: inteligência social e inteligência emocional
3. Avaliação da personalidade
3.1 Constructos de personalidade e sua avaliação
3.3 Técnicas de avaliação da personalidade
3.2 Testes de personalidade
4. Avaliação clínica
4.1 Avaliação de sintomas e dificuldades de funcionamento pessoal e emocional
4.2 Testes de avaliação clínica
4.3 Avaliação de recursos psicológicos pessoais, na perspetiva da psicologia positiva
5. Avaliação computorizada
6. Avaliação da eficácia de intervenções psicológicas

Bibliografia e Webgrafia Recomendada

Almeida, L. S., Bártolo-Ribeiro, R. M., & Araújo, A. M. (2016). Inteligência e sua avaliação. In M. P. Lopes, P. J. Palma, & A. Lopes (Coord.), Fundamentos de psicologia (Cap. 11, pp. 337-379). Lisboa: MGI.
American Educational Research Association, American Psychological Association, American Council on Measurement in Education (1999). Standards for educational and psychological testing (2nd ed.). Washington, DC: American Educational Research Association
American Psychological Association (2009). Publication manual of the American Psychological Association (6th ed.). Washington, DC: American Psychological Association.
Anastasi, A. (1982). Psychological testing. London: Collier-MacMillan.
Groth-Marnat, G. (2009). Handbook of psychological assessment (5th ed). Hoboken, NJ: Wiley,
Urbina, S. (2004). Essentials of psychological testing. Hoboken, NJ: John Wiley & Sons.
Wright, A. J. (2011). Conducting psychological assessment: A guide for practitioners. New York: Wiley.

Bibliografia Complementar

Almeida, L. S. & Freire, T. (2010). Metodologia da investigação em psicologia e educação (5ª edição). Braga: Psiquilíbrios.
Almeida, L. S., Simões, M. R., Machado C. & Gonçalves M. M. (Coords.) (2004). Avaliação psicológica: Instrumentos validados para a população portuguesa (Vol. 2). Coimbra: Quarteto.
Almeida, L. S., Simões, M. R., & Gonçalves, M. (Eds.) (2014). Instrumentos e contextos de avaliação psicológica (vol. 2). Coimbra: Almedina.
Archer, R. P., & Smith, S. R. (Ed.2008). Personality assessment. New York, NY: Routledge
Cohen, R. J., & Swerdlik, M. E. (2005). Psychological testing and assessment (6th Edition). New York: McGraw-Hill
Gonçalves, M. M., Simões, M. R., Almeida, L. S. & Machado, C. (Coords.) (2003). Avaliação psicológica: Instrumentos validados para a população portuguesa (Vol. 1). Coimbra: Quarteto.
Wilkinson, D. & Birmingham, P. (2003). Using research instruments: A guide for researchers. London: Routledge.

Planificação Semanal

Semana 1: Apresentação da UC – objetivos, métodos de ensino e avaliação, e resultados esperados. Testes psicológicos: construção e validação de instrumentos de avaliação.
Semana 2: Testes psicológicos: construção e validação de instrumentos de avaliação (continuação). Normas e interpretação de scores. Avaliação da precisão.
Semana 3: Avaliação da inteligência: Constructos e medidas/testes. Orientação tutorial dos trabalhos individuais.
Semana 4: Avaliação da inteligência: Potencialidades e limites dos testes de inteligência. Avaliação de produtos vs avaliação dinâmica.
Semana 5: Avaliação da inteligência: aprofundamento de testes e medidas.
Semana 6: Avaliação de formas de inteligência: inteligência social e inteligência emocional
Semana 7: Avaliação da personalidade: fundamentos, métodos e técnicas de avaliação.
Semana 8: Testes formais de avaliação da personalidade
Semana 9: Testes projetivos de avaliação da personalidade
Semana 10: Teste de avaliação. Orientação tutorial dos trabalhos de grupo.
Semana 11: Avaliação de sintomas e dificuldades de funcionamento pessoal e emocional.
Semana 12: Avaliação de recursos psicológicos pessoais. Estudo de caso.
Semana 13: Avaliação comnputorizada. Avaliação da eficácia das intervenções.

Coerência do programa para com os objetivos

De modo a criar condições para que os alunos compreendam os fundamentos da avaliação da inteligência, da personalidade e do funcionamento pessoal e emocional, os conteúdos programáticos incluem a análise de questões de base à avaliação psicológica nos vários domínios, procurando fundamentos teóricos. De modo a proporcionar aos alunos/as a aquisição de competências de seleção criteriosa e utilização autónoma de diferentes testes de avaliação psicológica, os conteúdos programáticos incluem a exposição a uma diversidade de testes de avaliação, bem como a exploração mais pormenorizada de instrumentos da escolha do grupo. Ainda neste sentido, os conteúdos programáticos procuram associar diferentes técnicas e instrumentos de avaliação a diferentes propósitos de avaliação. Finalmente, o desenvolvimento de competências de integração de informações resultantes de vários instrumentos de avaliação será facilitado pelo enfoque nos relatórios de avaliação, tal como presente no programa.

Coerência dos métodos de ensino para com os objetivos

A utilização de métodos expositivos permite a transmissão e análise de novos conteúdos relativamente à avaliação psicológica e técnicas e testes de avaliação. Estes métodos expositivos apoiam a aquisição de conhecimentos básicos no domínio, por parte dos/as alunos/as. O recurso a metodologias que impliquem a participação ativa dos/as alunos/as faz-se através da análise e interpretação de textos de apoio, análise de estudo de caso e preparação de trabalhos individuais e em grupo acerca dos fundamentos da avaliação psicológica e utilização de instrumentos de avaliação da inteligência, da personalidade e do funcionamento pessoal e emocional. Nestes últimos espera-se uma postura de reflexão crítica e integração de conhecimentos por parte dos alunos. A conjugação destas diferentes metodologias permitirá, deste modo, a prossecução dos objetivos propostos para a Unidade Curricular.

competência genérica relevantedesenvolvida?avaliada?
Análise e sínteseSimSim
Aptidão para aplicação na prática dos conhecimentos teóricosSimSim
Capacidade crítica e de avaliaçãoSimSim
Capacidade de adaptação a novas situaçõesSimSim
Capacidade de auto-critica e de auto-avaliaçãoSimSim
Capacidade de decisãoSimSim
Capacidade de iniciativa e espírito empreendedorSimSim
Capacidade de investigaçãoSimSim
Capacidade negocialSim 
Competência em informática e uso de novas tecnologiasSimSim
Competência em língua estrangeiraSim 
Comportamento ético e responsávelSimSim
Comunicação oral e escritaSimSim
Conhecimento de outras culturas e costumesSim 
CriatividadeSimSim
Gestão da informação e da aprendizagemSimSim
LiderançaSim 
Preocupação com a eficáciaSimSim
Preocupação com a qualidadeSimSim
Relacionamento interpessoalSimSim
Resolução de problemasSimSim
Saber organizar, planear e gerirSimSim
Trabalho em contexto internacionalSim 
Trabalho em equipaSimSim
Valorização da diversidade e da multiculturalidadeSim 
Este website usa cookies para funcionar melhor e medir a performance (Diretiva da União Europeia 2009/136/EC)
Por favor dispense alguns minutos para responder a umas perguntas rápidas sobre o nosso website.