Como chegar
|
Contactos

Intervenção Socioeducativa com Crianças e Jovens 2017/2018

  • 4 ECTS
  • Lecionada em Português
  • Avaliação Contínua

Objetivos

No final da unidade curricular, o aluno deverá ser capaz de:
. Compreender o paradigma de intervenção socioeducativa.
• Explicitar criticamente a articulação entre fundamentos teóricos e planificação de práticas de intervenção socioeducativa.
• Conhecer os princípios orientadores da intervenção com crianças e jovens que visam a prevenção do risco e a promoção do desenvolvimento integral dos indivíduos.
• Analisar e diagnosticar situações-problema que afetam o desenvolvimento de crianças e jovens em idade escolar.
• Planificar, construir e avaliar projetos de intervenção socioeducativos junto de crianças e jovens.

Pré-Requisitos Recomendados

Não há

Método de Ensino

Nesta unidade curricular será implementada uma metodologia de ensino ativa com recurso à utilização de estratégias de ensino e aprendizagem que proporcionem o envolvimento dos alunos. Especificamente serão realizadas aulas expositivas, atividades de exploração de leitura, visionamento de vídeos explicativos, exercícios de conhecimento e trabalhos teórico-práticos.
Como recursos serão utilizados o quadro, o computador e o projetor de vídeo. As bases de dados digitais da UPT, bem como a plataforma de elearning da UPT serão também ferramentas de trabalho indispensáveis.

Conteúdos Programáticos

1. Intervenção socioeducativa e promoção do
desenvolvimento integral
2. Intervenção junto de crianças e jovens: o caso português
2.1. Lei de Proteção de Crianças e Jovens
2.2. Comissões de Proteção de Crianças e Jovens
2.3. Medidas e Princípios orientadores de proteção e intervenção
3. Projetos de intervenção socioeducativa
3.1. Princípios de intervenção
3.2. Processo de intervenção: Diagnóstico, Planificação, Execução e Avaliação
4. Construção de projetos de intervenção socioeducativa
4.1. Análise de exemplos de projetos de intervenção
4.2. Intervenção socioeducativa em "situações-problema" como por exemplo: violência intrafamiliar, bullying, delinquência juvenil, insucesso escolar, entre outros

Bibliografia e Webgrafia Recomendada

ALMEIDA, A. T. & FERNANDES, N. (2010)(0RG). Intervenção com crianças, jovens e famílias: estudos e práticas. Coimbra: Edições Almedina.
CALHEIROS, M. M. & GARRIDO, M. M. (2013). Crianças em risco e perigo – contextos, investigação e intervenção. Lisboa: Edições Sílabo.
CARMO, H. (2008). Intervenção social com grupos. Lisboa: Universidade Aberta.
http://hdl.handle.net/10198/4440
http://www.anafre.pt/noticias/imagens/1Pac3TriSetOut2011InterveAutarquia.pdf
http://www.eb23-monte-caparica.rcts.pt/docsreg/Resumo%20Projecto%20TEIP.pdf
http://hdl.handle.net/1822/19254
https://iconline.ipleiria.pt/bitstream/10400.8/345/1/O%20Papel%20espec%C3%ADfico%20do(a)%20educador(a)%20social_Fernando%20Canastra.pdf

Bibliografia Complementar

AAVV (2002). Intervenção Social e comunitária. Promover a inclusão – guia prático de orientação. Lisboa: Hugin.
BAIRRÃO, J. (2005) (coord). Desenvolvimento: contextos familiares e educativos. Coleção LivPsic Diversos. Porto: FPCEUP.
CLAVEL, G. (2004). A Sociedade da Exclusão: compreendê-la para dela sair. Porto: Porto Editora.
GUIDI, R. (2001). Silêncio(s)…Viana do Castelo: Projeto de Luta contra a Pobreza Lar de Santa Teresa
IDÁNEZ, M. J. A. (2004). Como animar um grupo: princípios básicos e técnicas. Petrópolis: Editora Vozes.
MAGALHÃES, T. (2002). Maus tratos em crianças e jovens – guia prático para profissionais. Coleção Saúde e Sociedade, nº 13. Coimbra: Quarteto Editora.
NEGREIROS, J.(2001). Delinquências juvenis: trajetórias, intervenções e prevenção. Lisboa: Editorial noticias.
TRILLA, J. (2004). Animação Sócio-Cultural: teorias, programas e âmbitos. Coleção Horizontes Pedagógicos. Lisboa: Instituto Piaget.

A fornecer durante a UC.

Planificação Semanal

\-\\-\-

Coerência do programa para com os objetivos

Os conteúdos do primeiro ponto, focalizados na Intervenção socioeducativa e promoção do desenvolvimento integral, estão relacionados com os objetivos “Compreender o paradigma de intervenção socioeducativa e "Explicitar criticamente a articulação entre fundamentos teóricos e planificação de práticas de intervenção socioeducativa"

Os conteúdos do segundo ponto e terceiro pontos, centrados na Intervenção junto de crianças e jovens: o caso português e nos projetos de intervenção socioeducativa, estão associados ao objetivo "Conhecer os princípios orientadores da intervenção com crianças e jovens que visam a prevenção do risco e a promoção do desenvolvimento integral dos indivíduos".

Os conteúdos do quarto ponto, focalizados na construção de projetos de intervenção socioeducativa estão relacionados com os objetivos "Analisar e diagnosticar situações-problema que afetam o desenvolvimento de crianças em idade pré-escolar e escolar e jovens em idade escolar" e "Planificar, construir e av

Coerência dos métodos de ensino para com os objetivos

A metodologia a utilizar nas aulas foi pensada de forma a que os alunos adquiram os conhecimentos desejados e desenvolvam as competências consideradas fundamentais para um bom desempenho profissional, garantindo uma formação alicerçada na capacidade de investigação, de crítica e autocritica, assim como de recursos a meios e técnicas mais adequadas a uma aprendizagem dos alunos de maior qualidade

Neste sentido, serão utilizadas metodologias de natureza essencialmente prática que permitam a realização dos objetivos de aprendizagem, nomeadamente o trabalho de projeto e o trabalho autónomo.

competência genérica relevantedesenvolvida?avaliada?
Análise e sínteseSimSim
Aptidão para aplicação na prática dos conhecimentos teóricosSimSim
Capacidade crítica e de avaliaçãoSimSim
Capacidade de adaptação a novas situaçõesSimSim
Capacidade de auto-critica e de auto-avaliaçãoSimSim
Capacidade de decisãoSimSim
Capacidade de iniciativa e espírito empreendedorSimSim
Capacidade de investigaçãoSimSim
Comportamento ético e responsávelSimSim
Comunicação oral e escritaSimSim
CriatividadeSimSim
Preocupação com a eficáciaSimSim
Preocupação com a qualidadeSimSim
Relacionamento interpessoalSimSim
Resolução de problemasSimSim
Saber organizar, planear e gerirSimSim
Trabalho em equipaSimSim
Valorização da diversidade e da multiculturalidadeSimSim
Este website usa cookies para funcionar melhor e medir a performance (Diretiva da União Europeia 2009/136/EC)
Por favor dispense alguns minutos para responder a umas perguntas rápidas sobre o nosso website.