Como chegar
|
Contactos

Psicologia Social 2 2017/2018

  • 5 ECTS
  • Lecionada em Português
  • Avaliação Contínua

corpo docente

Objetivos

Depois de concluída a unidade curricular, o aluno deverá ser capaz de: (i) conhecer e distinguir as principais áreas de estudo da psicologia social, ou seja, do seu objeto de estudo; (ii) conhecer algumas das principais teorias e investigações da Psicologia Social nos vários ramos da mesma; (iii) posicionar-se ativa e criticamente face às principais teorias e investigações da Psicologia Social; (iv) desenvolver a capacidade de usar ideias e informações; e (v) desenvolver a capacidade crítica.

Pré-Requisitos Recomendados

Psicologia Social 1

Método de Ensino

1. Aulas expositivas; 2. Trabalhos de grupo versando a realização de uma investigação. 3. Apresentações/defesas orais do trabalho. Todas as aulas envolverão componentes de reflexão crítica e debate sobre os temas lecionados.
Esta unidade curricular, contempla os seguintes momentos de avaliação: realização de um trabalho, com apresentação à turma e defesa oral e realização de dois mini-testes. A assiduidade será considerada.

Conteúdos Programáticos

Estratégias de auto-apresentação
Atração interpessoal e relacionamentos amorosos
A construção social das emoções
Agressão e altruísmo
Formação de impressões
Relações entre grupos
Identidade e categorização grupal
Teoria da troca social
Estereótipos, preconceito e discriminação entre grupos
Conflito e negociação entre grupos
Tomada de decisão em grupos
Psicologia Social Aplicada: Género, racismo, violência, política, cultura, ambiente, consumo, justiça, organizacional/trabalho.

Bibliografia e Webgrafia Recomendada

Myers D.G., (2009). Exploring social psychology (6th Ed.). New York: McGraw-Hill.
Neto, F. (2000). Psicologia Social. Lisboa: Universidade Aberta.
Vala, J. & Monteiro, M. B. (Eds.). (2013). Psicologia Social (9ª edição revista e actualizada). Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian.
Hogg, Michael A., Vaughan, Graham M.(2008). Social psychology (5th Ed.) Harlow: Pearson Prentice Hall.
Leyens, J.P. (1994). Psicologia Social. Lisboa: Edições 70.

Bibliografia Complementar

Hewstone, Miles, Stroebe, Wolfgang, & Jonas, Klaus (2008). Introduction to social psychology: an European perspective (4th Ed.) Malden: Blackwell.
Michener, H. A., Delamater, J. D., & Myers, D. J. (2005). Psicologia Social. Tradução E. Fittipaldi & S. S. M. Cuccio. São Paulo: Pioneira Thomson Learning.
Carvalho, Daniela (1986). Textos de Psicologia Social. Porto: Universidade Portucalense.

Planificação Semanal

3.ª semana — Estratégias de auto-apresentação
4.ª semana — Atração interpessoal e relacionamentos amorosos
5.ª semana — os efeitos da presença de outros e a desresponsabilização em grupos e grandes grupos
6.ª semana — A construção social das emoções;
7.ª semana — Agressão e altruísmo
8.ª semana — mini-teste.
9.ª semana — Formação de impressões; Identidade e categorização grupal; Teoria da troca social
10.ª semana — Estereótipos, preconceito e discriminação entre grupos
11.ª semana — Conflito e negociação entre grupos
12.ª semana —Tomada de decisão em grupos
13.ª semana — mini-teste
14.ª semana — Psicologia Social Aplicada: Género, racismo, violência,
15.ª semana — Psicologia Social Aplicada: política, cultura, ambiente, consumo, justiça, organizacional/trabalho. Avaliação das aulas e do semestre decorrido. Avaliação da unidade curricular.

Coerência do programa para com os objetivos

Uma vez que um dos objetivos principais da unidade curricular é que os alunos conheçam as principais teorias e investigações nos diferentes ramos da psicologia social, encontram-se descritos nos conteúdos programáticos ramos de estudo fundamentais na área da psicologia social. Juntamente com os conteúdos programáticos lecionados no 1.º semestre em Psicologia Social 1, os conteúdos programáticos têm a preocupação de abranger as áreas mais relevantes da psicologia social, para que os alunos desenvolvam um conhecimento das principais áreas de estudo da psicologia social, ou seja, do seu objeto de estudo. Adicionalmente, através do conhecimento e análise de estudos em cada um dos ramos, os alunos tenderão a desenvolver a capacidade de usar ideias e informações, podendo (e devendo) posicionar-se ativa e criticamente face às principais teorias e investigações da Psicologia Social, e desenvolvendo concomitantemente a sua capacidade crítica.

Coerência dos métodos de ensino para com os objetivos

Através do recurso a metodologias expositivas pretende-se apresentar aos alunos as principais áreas de estudo da psicologia social (que constituem, no fundo, o seu objeto de estudo), e, dentro destas, as principais teorias e investigações. A realização de trabalhos teórico-práticos que implicam a realização de uma investigação reforçam esta aprendizagem. A apresentação oral desses trabalhos, bem como o clima de debate e reflexão crítica sobre os temas lecionados, concorrem para que o aluno construa ativa e criticamente uma posição pessoal face às principais teorias e investigações da Psicologia Social, desenvolva a capacidade de usar ideias e informações e a sua capacidade crítica.

competência genérica relevantedesenvolvida?avaliada?
Análise e sínteseSimSim
Aptidão para aplicação na prática dos conhecimentos teóricosSimSim
Capacidade crítica e de avaliaçãoSimSim
Capacidade de investigaçãoSimSim
Competência em informática e uso de novas tecnologiasSimSim
Competência em língua estrangeiraSimSim
Comunicação oral e escritaSimSim
Conhecimento de outras culturas e costumesSimSim
Trabalho em equipaSimSim
Valorização da diversidade e da multiculturalidadeSimSim
Este website usa cookies para funcionar melhor e medir a performance (Diretiva da União Europeia 2009/136/EC)
Por favor dispense alguns minutos para responder a umas perguntas rápidas sobre o nosso website.