Como chegar
|
Contactos

Psicologia da Sexualidade 2017/2018

  • 5 ECTS
  • Lecionada em Português
  • Avaliação Contínua

Objetivos

- Compreender os fundamentos bio-psicológicos e socioculturais que determinam a sexualidade humana;
- Distinguir “sexo” e “género”, reconhecimento a multiplicidade das identidades e expressões de género;
- Conhecer os processos psicológicos que sustentam a diversidade da “orientação sexual” e da “atração interpessoal”;
- Saber relacionar “sexualidade” e “afetividade” nas diversas configurações das relações íntimas e dos comportamentos eróticos e sexuais;
- Caracterizar as principais formas de vitimização sexual, assim como as “Disfunções sexuais” e “Perturbações parafílicas” (DSM-5);
- Reconhecer a função da sexualidade para o bem-estar psicológico ao longo do ciclo vital.

Pré-Requisitos Recomendados

Recomendam-se conhecimentos fundamentais em Biologia Humana e Psicologia do Desenvolvimento Sócio-Emocional.

Método de Ensino

Os métodos de ensino focalizam-se nas atividades individuais e grupais de investigação desenvolvidas pelos estudantes com a devida orientação científica. Cada estudante e/ou grupo de estudantes deve escolher um tópico de Psicologia da Sexualidade e realizar uma pesquisa teórico-empírica. As aulas fornecerão um contexto de aprendizagem e de construção colaborativa dos projetos de pesquisa.
Deste modo, a avaliação compreende três elementos:
1. Relatório de Investigação Teórica (40%);
2. Relatório de Investigação empírica qualitativa (30%) e quantitativa (30%).

Conteúdos Programáticos

1.Sexologia e Psicologia da Sexualidade

2. Biopsicologia da sexualidade humana
a. Anátomo-fisiologia sexual
b. Intersexualidade
c. Modelos da resposta sexual: excitação e orgasmo

3.Género(s) e identidade(s)
a. Fatores biopsicossociais da diversidade de género
b. Expressões de género

4. Orientação sexual
a. Modelos teóricos explicativos
b. Psicologia LGBT/Queer
c. Normas, valores e atitudes

5. Atração interpessoal
a. Fatores preditores
b. Processos e estratégias

6. Relações íntimas
a. Relações ocasionais
b. Amor e relações românticas
c. Amor e compromisso conjugal
d. Relações liberais e poliamor
e. Amor, separação e violência

7. Comportamentos eróticos e sexuais
a. Práticas autoeróticas
b. Práticas interpessoais
c. Práticas sexuais seguras

8. Disfunções sexuais (DSM-5)

9.Perturbações Parafílicas (DSM-5)

10.Vitimização sexual
a. Abuso sexual em menores
b. Violação psicossexual em adultos

11. Sexualidade e Bem-Estar n

Bibliografia e Webgrafia Recomendada

- Alferes, V.(1997).Encenações e Comportamentos Sexuais: Para uma psicologia social da sexualidade. Porto: Afrontamento.
- Bigner, J., & Wetchler, J. (Eds.) (2012). Handbook of LGBT-Affirmative Couple and Family Therapy. NY: Routledge.
- Booth, A., Crouter, A., & Snyder, A. (Eds.)(2016).Romance and sex in adolescence and emerging adulthood. London: Routledge.
- Clarke, V., Ellis, S., Peel, E., & Riggs, D. (2010). Lesbian, Gay, Bisexual, Trans and Queer Psychology. Cambridge: Cambridge University Press.
- Ferber, A., Holcomb, K., & Wentling, T. (Eds.) (2016). Sex, Gender, and Sexuality: The New Basics (3rd Ed.). New York: Oxford University Press.
- Foucault, M.(1994).História da sexualidade. Lisboa: Relógio d'Água.
- Lehmiller, J. (2014). The Psychology of Human Sexuality. NY: Wiley.
- Leiblum, S. (Ed.) (2007). Principles and practice of sex therapy. New Jersey: Guilford Press.
- Marôco, J., & Leal, I. (2010). Avaliação em Sexualidade e Parentalidade. Porto:Livpsic.

Bibliografia Complementar

- Beauvoir, S. (1987). O segundo sexo. Lisboa: Bertrand.
- Duby, G. (1992). Amor e sexualidade no Ocidente. Mem Martins: Terramar.
- Freud, S. (1996). Obras completas de Sigmund Freud. Rio de Janeiro: Imago.
- Giddens, A. (1995). Transformações da intimidade: sexualidade, amor e erotismo nas sociedades modernas. Oeiras: Celta.
- Helgeson, V. (2011). Psychology of Gender (4th Ed.). NY: Psychology Press.
- Leal, I. & Ribeiro, J. (Orgs.)(2010). Psicologia da saúde: sexualidade, género e saúde. Lisboa: ISPA.
- McAnulty R. D. & Burnette M. M. (2003). Fundamentals of Human Sexuality: Making Healthy Decisions. Boston: Allyn & Bacon.
- Sternberg, R., & Sternberg, K. (Eds.) (2008). The New Psychology of Love. New Haven: Yale University Press.
- Szuchman L. T. & Muscarella F. (2000). Psychological Perspectives on Human Sexuality. New York: John Wiley.
- Tolman, D., & Diamond, L. (Eds.) (2013). APA Handbook of Sexuality and Psychology. Washington, DC: APA.

Planificação Semanal

1ª semana
1. Sexologia e Psicologia da Sexualidade: Introdução histórica e epistemológica

2ª semana
2. Biopsicologia da sexualidade humana
a. Anátomo-fisiologia sexual: feminina e masculina
b. Intersexualidade: ambiguidade anatómica sexual
c. Modelos da resposta sexual: excitação e orgasmo

3ª semana
3. Género e identidades de género
a. Fatores biopsicossociais da diversidade de género
b. Multiplicidade e significado das expressões de género
c. Disforia de Género (DSM-5)

4ª semana
4. Orientação sexual
a. Definições e tipologias da OS
b. Modelos teóricos explicativos da OS
c. Psicologia LGBT/Queer: processos de coming-out e de ajustamento psicossexual/psicossocial
d. Normas, valores e atitudes: a cultura heteronormativa
e. Fluidez sexual feminina

5ª semana
5. Atração interpessoal
a. Fatores (bio)psicológicos preditores da atração
b. Processos e estratégias da atração/sedução interpessoal: "scripts" sexuais

6ª semana
6. Relações íntimas
a. Relações íntimas ocasionais
b. Amor e relações românticas
c. Amor e compromisso conjugal
d. Relações liberais, swing e poliamor
e. Amor, separação e violência

7ª semana
7. Comportamentos eróticos e sexuais
a. Práticas autoeróticas
b. Práticas interpessoais
c. Práticas sexuais seguras
d. Sexualidade online
e. Sexualidade profissional

8ª semana
8. Disfunções sexuais (DSM-5)
a. Ejaculação Retardada
b. Disfunção Erétil
c. Perturbação do Orgasmo Feminino
d. Perturbação do Interesse/Excitação Sexual Feminino
e. Perturbação de Dor Genitopélvica/Penetração
f. Perturbação de Desejo Sexual Hipoativo Masculino
g. Ejaculação Prematura (Precoce)
h. Disfunção Sexual Induzida por Substância/Medicamento

9ª semana
9. Parafilias: "Perturbações parafílicas" (DSM-5)
a. Perturbação de Voyeurismo
b. Perturbação de Exibicionismo
c. Perturbação de Frotteurismo
d. Perturbação de Masoquismo Sexual
e. Perturbação de Sadismo Sexual
f. Perturbação de Pedofilia
g. Perturbação de Fetichismo
h. Perturbação de Travestismo
i. Modelos terapêuticos

10ª semana
10. Vitimização sexual
a. Definições e tipologia
b. Abuso sexual de menores
c. Violação psicossexual em adultos

11ª semana
11. Sexualidade e Bem-Estar ao longo do ciclo vital
a. Psicologia Positiva da Sexualidade
b. Sexualidade "feliz" ao longo do ciclo vital
c. Otimização de competências eróticas e sexuais

12ª-15ª semana:
Apresentação de trabalhos de investigação realizados pelos estudantes.

Coerência do programa para com os objetivos

O primeiro objetivo "Compreender os fundamentos bio-psicológicos e socioculturais da sexualidade humana" operacionaliza-se nos caps. 1 e 2. O segundo obj.
"Distinguir sexo e género, reconhecendo a multiplicidade das identidades e expressões" corresponde ao cap. 3. O terceiro obj. "Conhecer os processos psicológicos relativos à orientação sexual e atração interpessoal” realiza-se nos caps. 4 e 5. O obj. 4 "Relacionar sexualidade e afetividade nas diversas relações íntimas e comportamentos erótico-sexuais" atinge-se nos caps. 6 e 7. O quarto obj. "Caracterizar as principais formas de vitimização sexual, Disfunções sexuais e Perturbações parafílicas (DSM-5)" desenvolve-se nos caps. 8-10. Por fim, o obj. "Reconhecer a função da sexualidade para o bem-estar psicológico ao longo do ciclo vital" remete para o conteúdo do cap. 11 do programa.

Coerência dos métodos de ensino para com os objetivos

Os métodos de ensino focalizam-se em atividades individuais e grupais de investigação desenvolvidas pelos estudantes. Por conseguinte, os objetivos da UC serão atingidos através do envolvimento ativo dos estudantes em tarefas de investigação teórica e empírica com a devida orientação científica ao longo das aulas TP. Cada estudante e/ou grupo de estudantes deve escolher um tópico específico de Psicologia da Sexualidade e realizar uma pesquisa teórico-empírica. As aulas fornecerão um espaço de discussão permanente, um contexto de aprendizagem e de construção colaborativa dos projetos de pesquisa, desde a sua planificação até à sua avaliação final.

competência genérica relevantedesenvolvida?avaliada?
Análise e sínteseSimSim
Aptidão para aplicação na prática dos conhecimentos teóricosSimSim
Capacidade crítica e de avaliaçãoSimSim
Capacidade de adaptação a novas situaçõesSimSim
Capacidade de auto-critica e de auto-avaliaçãoSimSim
Capacidade de investigaçãoSimSim
Competência em informática e uso de novas tecnologiasSim 
Competência em língua estrangeiraSim 
Comportamento ético e responsávelSimSim
Comunicação oral e escritaSimSim
Conhecimento de outras culturas e costumesSimSim
CriatividadeSimSim
Gestão da informação e da aprendizagemSimSim
Preocupação com a qualidadeSimSim
Resolução de problemasSimSim
Trabalho em equipaSimSim
Valorização da diversidade e da multiculturalidadeSimSim
Este website usa cookies para funcionar melhor e medir a performance (Diretiva da União Europeia 2009/136/EC)
Por favor dispense alguns minutos para responder a umas perguntas rápidas sobre o nosso website.