Como chegar
|
Contactos

Psicologia da Educação 2 2016/2017

  • 5 ECTS
  • Lecionada em Português
  • Avaliação Contínua

Objetivos

– Conhecer, compreender e analisar a realidade escolar enquanto organização sócio-educativa
Identificar e promover práticas eficazes de intervenção psicológica em diferentes níveis de ensino em contextos particulares e públicos
– Sistematizar as caraterísticas das Necessidades Educativas Especiais e dos seus cuidadores
-Sistematizar Programas Educativos Individuais e Planos Educativos Individuais
-Conhecer e compreender as funções da DGEstE (Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares e da DSRN (Direção de Serviços da Região Norte)

Pré-Requisitos Recomendados

Ter concretizado com êxito as tarefas da disciplina de Psicologia da Educação 1.
Reconhecer os princípios teóricos da intervenção psicológica em contextos educativos.

Método de Ensino

Nesta unidade curricular será implementada uma metodologia de ensino ativa com recurso à utilização de estratégias de ensino e aprendizagem que proporcionem o envolvimento dos alunos. Especificamente serão realizadas aulas expositivas, atividades de exploração de leitura, visionamento de vídeos explicativos, exercícios de conhecimento e trabalhos práticos.
Como recursos serão utilizados o quadro, o computador e o projetor de vídeo. As bases de dados digitais da UPT, bem como a plataforma de elearning da UPT serão também ferramentas de trabalho indispensáveis.

Conteúdos Programáticos

. A escola enquanto organização sócio-educativa

. Intervenção psicológica em diferentes níveis de ensino em contextos particulares e públicos
. sucesso e rendimento escolar
. sobredotação
. perturbações de sono
. perturbações alimentares
. dificuldades de aprendizagem e perturbação de hiperatividade e défice de atenção
. educação sexual
. abuso de álcool e substâncias

. Educação Especial e NEE
- Definição;
- Causas / Etiologia;
- Sinais de alerta;
- Sintomas/Consequências;
- Intervenção com a família e com a escola
Prevenção ; Avaliação; Diagnóstico; Intervenção
Legislação específica e CIF
Programas e planos educativos individuais

DGEstE (Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares e DSRN (Direção de Serviços da Região Norte)

Bibliografia e Webgrafia Recomendada

- Correia, L. de M. (2015). Inclusão e Necessidades Educativas Especiais - um guia para educadores e professores. Porto: Porto Editora

- Fernandes, A. T. de A. N. (2010) (org). Intervenção com crianças, jovens e famílias - estudos e práticas. Coimbra: Almedina

- Sprinthall, N. A., & Sprinthal, R. C. (1998). Psicologia Educacional - Uma abordagem desenvolvimentista. Alfragide: McGraw-Hill Portugal.

- Woolfolk, A. E. (2002). Educational Psychology (6th Edition). Toronto: Allyn and Bacon.

Bibliografia Complementar

- Lopes, J. A. (2004). A hiperatividade. Lisboa: Edições Quarteto

- Sternberg, R. J., & Williams, W. M. (2002). Educational Psychology. Boston: Allyn & Bacon.

- Raposo, N. V. (1995). Estudos de psicopedagogia (2ª ed.). Coimbra: Coimbra Editora [1ª ed.: 1983].

- Ruivo, J. B. (1991). Tendências actuais da psicologia educacional. Psicologia. VIII, 1: 5-9.

Planificação Semanal

1 - Apresentação; Identificação dos conteúdos programáticos e critérios de avaliação
A escola enquanto organização sócio-educativa

2 a 7 - Intervenção psicológica em diferentes níveis de ensino em contextos particulares e públicos

8 - Análise de artigo
- Realização de mini teste
- Educação Especial e NEE (introdução)

9 a 13 - Educação Especial e NEE (continuação)
14 - Apresentação e defesa dos trabalhos
15 - DGEstE (Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares e DSRN (Direção de Serviços da Região Norte)
Auto e hetero-avaliação

Coerência do programa para com os objetivos

os conteúdos serão abordados com o intuito de potenciarem competências de conhecimento, compreensão, aplicação e análise.

Coerência dos métodos de ensino para com os objetivos

A rentabilização de metodologias interrogativas, com recurso a debates, argumentação e diálogos, e a metodologias ativas, sob a forma de trabalho de grupo, apresentação e discussão dos trabalhos com recurso a interrogatório, debate e tempestade de ideias permitirá validar a aquisição dos objetivos propostos.

competência genérica relevantedesenvolvida?avaliada?
Análise e sínteseSimSim
Aptidão para aplicação na prática dos conhecimentos teóricosSimSim
Capacidade crítica e de avaliaçãoSimSim
Comunicação oral e escritaSimSim
Gestão da informação e da aprendizagemSimSim
Preocupação com a eficácia  
Preocupação com a qualidade  
Relacionamento interpessoalSim 
Saber organizar, planear e gerirSimSim
Trabalho em equipaSim 
Este website usa cookies para funcionar melhor e medir a performance (Diretiva da União Europeia 2009/136/EC)
Por favor dispense alguns minutos para responder a umas perguntas rápidas sobre o nosso website.