Como chegar
|
Contactos

Licenciatura em Gestão e Sistemas de Informação

A área das tecnologias de informação é a que mais rapidamente cresce, com um crescimento esperado médio de 5,3% até 2016 e, em particular, prevê-se que a procura de analistas de sistemas cresça 22%, entre 2010 e 2020, acima da média de todas as outras profissões. Departamento de Estatística do Trabalho do Estados Unidos, 2012.

 

Provas de Ingresso: Economia ou Matemática

Fazer candidatura 2013/2014

Saídas profissionais

Os profissionais de Gestão e Sistemas de Informação ocupam cargos num variadíssimo leque de organizações, públicas ou privadas, de diferentes áreas: financeira, energia, produção, serviços, etc. e empresas de consultadoria, exercendo funções no início de carreira de:

  • Analista de sistemas;
  • Analista de negócio;
  • Chief Information Officer;
  • Quadros superiores de empresas públicas e privadas.

Origem deste curso

  • 1996/1997 Licenciatura em Informática de Gestão
  • 2010/2011 Licenciatura em Tecnologias e Sistemas de Informação
  • 2013/2014 Licenciatura em Gestão e Sistemas de Informação

A universidade Portucalense foi pioneira na oferta deste curso tendo adquirido notoriedade desta área. No ano letivo 2007/2008 adaptou este curso ao modelo de Bolonha passando o curso a ter 3 anos.

A designação do curso de Informática de Gestão foi alterada para Tecnologias e Sistemas de informação, em 2010, seguindo as recomendações emanadas durante o anterior processo de avaliação (pré A3ES). Este curso oferecia uma formação de base essencialmente tecnológica articulada com uma formação mínima de gestão.

A licenciatura em Gestão e Sistemas de Informação enquadra-se num das áreas de competência coletivas do projeto científico da UPT, Organizações, Gestão e Tecnologias de Informação. Tendo presente a realidade das empresas portuguesas, e em particulares as PMES do Norte do país, considerou-se adequado criar um curso que tenha como base Gestão complementada com os Sistemas e Tecnologias de Informação. Este novo ciclo de estudos irá, gradualmente, substituir o atual curso de Tecnologias e Sistemas de Informação cujo currículo contem uma base maior na componente de programação que não se considera tão adequado para o perfil desejado.

 

Este website usa cookies para funcionar melhor e medir a performance (Diretiva da União Europeia 2009/136/EC)
Por favor dispense alguns minutos para responder a umas perguntas rápidas sobre o nosso website.