Como chegar
|
Contactos
Saiba mais
sobre este curso
×

Short Master Cultura do Vinho e Enoturismo

O Enoturismo é sem dúvida um negócio em crescimento e com reconhecimento nacional e internacional. O vinho como um produto cultural tornou-se o principal tema do desenvolvimento turístico na maioria dos territórios vitivinícolas, em Portugal. O enotourismo é um sistema composto pelos subsistemas: Território, Turismo e Cultura vitivinícola.

O Enoturismo envolve mais do que visitar adegas e comprar vinho, terá de promover a criação de produtos turísticos e atividades que favoreçam a descoberta e a interpretação da Cultura do Vinho. É importante ainda, a criação de valor a partir da dimensão endógena das regiões ancorada em estratégias claras de aposta na competência dos recursos para garantir a qualidade da experiencia turística.

Sendo um fenómeno sistémico, poderá constituir-se como uma mais-valia para o desenvolvimento sustentável das regiões, ao permitir a integração dos sectores Primário (agricultura), Secundário (indústria vitivinícola) e Terciário (turismo). Para que tal se verifique é crucial a formação de profissionais, de empreendedores e entidades, explorando conceitos e ferramentas que permitam criar ofertas singulares e garantir experiencias únicas aos clientes.

Descarregar Brochura

25 vagas totais para candidatura. faça aqui a sua candidatura

duração de 6 meses

Coordenação:

Isabel Borges

Porquê escolher este curso?

O formato Short Master em Cultura do Vinho e Enoturismo é um curso de especialização que possui as seguintes âncoras de interesse: aborda o vinho como um produto cultural; aposta na transmissão de conhecimentos de elevado cariz prático pois possui um corpo docente constituído por empreendedores deste setor e por profissionais experientes; alinha por conceitos de sustentabilidade dos negócios e dos territórios; e coloca o aluno no palco do enoturismo através de visitas técnicas a benchmarks do setor.

A formação nesta área acrescenta diversos benefícios. Aumenta o nível de conetividade entre os players envolvidos nos territórios, e as consequentes economias de escala; profissionaliza os serviços de enoturismo; gera modelos de negócio que permitem ter uma oferta integrada e singular de qualidade; potencia o desenvolvimento escalas distintas para as visitas, atividades e animação; promove a educação vínica dos profissionais do sector do enoturismo; proporciona aos profissionais qualificados que garantam sustentabilidade dos negócios; contribui para a criação de programas de enoturismo ser family friendly; transforma os atuais plyers em agentes catalisadores de estratégias de “coopetição”; promove o desenvolvimento de planos sustentados para o futuro da organização; cria ações de comunicação integrada que difundem a identidade do enoturismo nacional, assente no património histórico e cultural, na biodiversidade e nos vinhos das várias regiões.

Saídas Profissionais

O público-alvo preferencial será: profissionais ligados ao turismo, profissionais do sector vitivinícola e empreendedores que desejem apostar no nicho de mercado do enoturismo e profissionalizar o serviço nas suas quintas (e.g. atendimento, acompanhamento de provas de vinho e harmonizações); investigadores com interesse em aprofundar os seus conhecimentos em enoturismo; entidades com responsabilidades no desenvolvimento de territórios enoturísticos que desejem transformar as suas regiões em destinos de Enoturismo singulares, através de estratégias de cocriação de valor e dinâmicas de coopetição entre stakeholders; e profissionais ligados à comercialização e distribuição de vinhos que pretendam aprofundar conhecimentos da cultura do vinho e da internacionalização do negócio.

Objetivos

1. Adquirir os conhecimentos-base do universo do Vinho, que são fundamentais para o desenvolvimento da Cultura Vínica pessoal, permitindo desde logo compreender a importância da origem dos vinhos e da sua certificação, bem como entender e usar de forma tecnicamente correta a terminologia própria do sector.

2. Introduzir o conceito e as características específicas do Enoturismo, explorando o de que modo as Rotas do Vinho e da gastronomia podem ser instrumentos privilegiados de distribuição dos produtos e serviços regionais e da promoção das tradições e cultura das localidades que produzem vinho.

3. Expor a actividade de “Enologia”; conhecer o processo e fases da Prova de Vinhos, bem como os métodos de produção de vinho. Explicar o conceito e a história da Enogastronomia, revelando os tipos e as técnicas de harmonização dos sabores (doce, azedo, salgado, amargo e umami ) com os vinhos.

4. Desenvolver estratégias de marketing, promoção e Comunicação, para consciencializar todos os stakeholders em relação à riqueza da Cultura do Vinho e aos princípios do desenvolvimento turístico sustentável. Conhecer mercados e formas de distribuição e comercialização, analisando a adaptação da oferta vitivinícola ao desenvolvimento enoturístico e às necessidades e exigências do público-alvo. Definir estratégias de criação de Oferta enoturistica, consequente colocação no mercado e internacionalização.

5. Conhecer alguns benchmarks de enoturismo em Portugal, através de visitas técnicas a quintas vitivinícolas e do estudos de casos de sucesso, nesta área do turismo ligado à cultura do vinho.

Cursos de continuidade

Mestrado em Património Cultural e Desenvolvimento do Território

Mestrado em Turismo e Hospitalidade

Diploma ou certificado conferido

certificado: Especialização em Cultura do Vinho e Enoturismo.

ou

Unidades Curriculares de frequencia.

Projetos em curso

•O universo do Vinho e a Cultura Vínica;

•O vinho como um produto cultural, integrador de identidades;

•Enoturismo e processos de Musealização;

•O ecossistema do Enoturismo, a conectividade entre stakeholdres e a co-criação de valor;

•As redes interorganizacionais de coopetição no Enoturismo, como fator catalisador de sustentabilidade nos territórios;

•Os modelos de negócio associados ao enoturismo;

•Competências e saberes requeridos à profissionalização dos serviços de enoturismo.

Contactos

Coordenação: sm.CVEnoturismo@upt.pt

Gabinete de Ingresso da UPT

Drª. Margaret Amorim

Drª. Cristina Miranda

Contactos Tlf: 225 572 222 / 23 Tlm: 969 773 967 Nº Verde 800 270 201

Email: ingresso@upt.pt

Horário previsto de funcionamento

6ª Feira: 18:30-22:30 (4 horas) e Sábado: 9:30 as 13:30 (4 horas)

Periodo de candidaturas: 2017-05-01 a 2017-11-15

Periodo letivo: 2017-11-24 até 2018-07-16

Outras informações

Requisitos de ingresso

Profissionais da área;

Licenciatura em areas diversas;

De acordo com o Quadro Europeu de Qualificações: niveis 3 ou superior

Plano de Estudos 2017/2018


Unidade CurricularECTSTTPPLTCOTSEOTotal
1 - A cultura do vinho: História e Património vitivinícolas43030
2 - Enoturismo e Rotas do Vinho43030
3 - Enologia e Enogastronomia: técnicas e tipos de harmonização43030
4 - Marketing e promoção do património enoturístico43030
5 - Estudos de casos de sucesso42020
6 - Projeto em enoturismo5151530

Plano Financeiro

Candidatura: 90 €

Único: 1.062 €

Mensal: 182,5 € x 6 = 1.095 €

Existe opção Modular do Short Master em Cultura do Vinho e Enoturismo. (Apenas por solicitação/ contactar coordenação - sm.CVEnoturismo@upt.pt).

Este website usa cookies para funcionar melhor e medir a performance (Diretiva da União Europeia 2009/136/EC)
Por favor dispense alguns minutos para responder a umas perguntas rápidas sobre o nosso website.