Como chegar
|
Contactos
Saiba mais
sobre este curso
×

Mestrado em Património Cultural e Desenvolvimento do Território

O desafio atual dos novos modelos de desenvolvimento afeta as tradicionais abordagens à gestão e valorização do património e de desenvolvimento do território. Uma abordagem inovadora e integrada que necessita de uma "nova geração" de profissionais, mais completos, mais flexíveis, mais capazes de criar e gerir redes internacionais, com novas competências e uma renovada sensibilidade e espirito de liderança. Com o Mestrado em Património Cultural Desenvolvimento do território a UPT pretende abraçar este desafio educativo e científico, e formar profissionais que, independentemente das suas áreas de conhecimento originais, pretendam envolver-se profissionalmente no processo de desenvolvimento territorial sustentável, através de ferramentas e estratégias integradas e inovadoras. A carater internacional do “Mestrado em Património Cultural e Desenvolvimento do Território” permite o envolvimento dos participantes num contexto internacional real, no qual alunos de diferentes culturas irão partilhar experiencias no estudo e nas tarefas de investigação. Desta pretendemos fomentar, de acordo com as orientações da UNESCO e das Nações Unidas, um espirito de cooperação global para a construção de um futuro de paz “pensado globalmente e implementado localmente”.

descarregar folheto

20 vagas totais para candidatura.

duração de 2 anos

Coordenação:

 

Prof. Doutora Isabel Maria Marinho Vaz de Freitas

 

 

Porquê escolher este curso?

O Mestrado em Património Cultural e Desenvolvimento do Território apresenta-se inovador na abordagem pedagógica bem como nos seus conteúdos programáticos. A didática, a investigação científica e a componente do trabalho no terreno estão fortemente interligadas, e um ambiente internacional será a moldura deste esforço conjunto para o desenvolvimento pessoal de cada participante.

Estas características permitem aos participantes a adquisição de competências que no âmbito do mercado de trabalho são fortemente procuradas: o domínio teórico e prático dos conceitos ligados à gestão do património, turismo e desenvolvimento; uma visão abrangente e integrada; um pensamento crítico e aberto; a capacidade de integração em contextos multiculturais; espirito de liderança. Este curso garante aos seus participantes uma formação e adquisição de competências que se posicionam claramente acima da média. Garantimos assim a construção de um futuro brilhante para profissionais que irão construir o futuro brilhante do mundo.

Saídas Profissionais

A formação adquirida com este mestrado proporciona a possibilidade de integrar, a diferentes níveis, cargos na área da gestão do património, turismo e planeamento territorial, no setor público (desde o nível local até as agências supranacionais de desenvolvimento) bem como no setor privado. Também a carreira científica se encontra entre as possíveis saídas profissionais deste mestrado.

Objetivos

O objetivo do Mestrado em Património Cultural e Desenvolvimento do Território é de formar profissionais que consigam enfrentar os novos desafios da gestão do património e valorização do mesmo no âmbito dos novos modelos de desenvolvimento territorial. A conservação, interpretação e valorização dos recursos culturais tangíveis e intangíveis enquanto dinamizadores socioeconómicos se inserem como tarefas chave no âmbito dos novos paradigmas de desenvolvimento, para as quais as tradicionais figuras profissionais já não resultam ser suficientes: os novos desafios no âmbito das políticas culturais, de desenvolvimento turístico e planeamento territorial requerem a presença – no setor publico bem como no setor privado - de profissionais com formação adequada, transversal, forte capacidade de liderança e de trabalho em rede, que estejam sensibilizados para a importância duma abordagem holística e uma particular sensibilidade no que diz respeito as temáticas da sustentabilidade e valorização do património para as populações residentes e turistas.

Pretende-se oferecer aos alunos uma visão completa do fenómeno através duma abordagem holística: a análise do fenómeno do ponto de vista da investigação científica irá ser completada pela análise de boas práticas nacionais e internacionais, ao longo do primeiro ano. A criação desta ponte entre teoria e pratica será proporcionada acima de tudo pela da presença de docentes com grande experiência, não apenas no âmbito cientifico, mas também com grande conhecimento pratico e experiência de projetos de valorização em âmbito nacional e internacional. O segundo ano será dedicado ao trabalho científico/de campo e à dissertação/tese.

Diploma ou certificado conferido

Mestrado em Património Cultural e Desenvolvimento do Território

Especialização em Património Cultural e Desenvolvimento do Território

Investigação

As linhas de investigação onde se incluem projetos e dissertações são as seguintes:

Território e gestão do património

Língua, diversidade e identidade

Turismo religioso

Cultura, gastronomia e enoturismo

Inovação em Património e Turismo

Contactos

Isabel Freitas (ifc@upt.pt)

Coordenação: mest.PatrimonioCDTerritorio@upt.pt

Gabinete de Ingresso da UPT

Drª. Margaret Amorim

Drª. Cristina Miranda

Contactos Tlf: 225 572 222 / 23 Tlm: 969 773 967 Nº Verde 800 270 201

Email: ingresso@upt.pt

Horário previsto de funcionamento

Sexta feira – 18h-21h30

Sábados – 9h-13h30

Outras informações

Requisitos de ingresso

Foram detalhadas as condições de ingresso e as habilitações de acesso, da seguinte forma:

Podem candidatar-se a este 2º ciclo de estudos:

· Os titulares de grau de licenciado ou equivalente legal numa das áreas científicas do ciclo de estudos;

· Os titulares de um grau académico estrangeiro, numa das áreas científicas do ciclo de estudos, conferidos na sequência de um 1º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do processo de Bolonha por um Estado aderente a esse processo;

· Os titulares de um grau académico superior estrangeiro, numa das áreas científicas do ciclo de estudos, que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado pelo órgão estatutariamente competente da Universidade Portucalense;

· Os detentores de currículo escolar, científico ou profissional numa das áreas científicas do ciclo de estudos, que seja reconhecido pelo órgão estatutariamente competente da Universidade Portucalense, como atestando capacidade para realizar este ciclo de estudos.

Os candidatos ao acesso a este 2.º ciclo de estudos serão seriados de acordo com os seguintes critérios:

1 – Candidatos com licenciatura ou grau académico numa das áreas científicas do ciclo de estudos;

2 – Candidatos com licenciatura ou grau académico equivalente;

3 – Candidatos com classificação de licenciatura mais elevada tendo em atenção a escala europeia de comparabilidade;

4 – Candidatos possuidores de mais relevante currículo académico, científico ou profissional.

Plano de Estudos 2016/2017


1º Ano, 1º SemestreUnidade CurricularECTS
Interpretação e Valorização do Património Cultural5
Metodologia da Investigação Científica8
Planeamento Cultural e Indústrias Culturais5
Políticas e Instituições Culturais7
Sociologia da Cultura5

1º Ano, 2º SemestreUnidade CurricularECTS
Destinos Turísticos e Culturais7
Produtos e Mercados Turísticos e Culturais7
Programação Cultural8
Projetos de Desenvolvimento8

2º Ano, AnualUnidade CurricularECTS
Dissertação ou Projeto60

Plano Financeiro

Candidaturas (isento para alunos provenientes do 1º ciclo da UPT): 162,00 Euros

Seguro: 27,00 Euros

Matrícula: 300,00 Euros

Inscrição curricular anual: 300 Euros (171,00 Euros no ano da matrícula*)

Propina de frequência para 60 ECTS por ano (opções):

- 11 Prestações mensais setembro a julho: 336,00 Euros

- Semestral: 5 Prestações mensais por cada semestre (de 30 ECTS): 369,60 Euros/mês.

- Pagamento único anual (Desconto de 3%): 3.585,12 Euros

Notas: A propina de frequência do 2º ano do plano curricular é 50%. Valor do ECTS: 61,60 Euros

*Neste caso é paga em fevereiro.

Este website usa cookies para funcionar melhor e medir a performance (Diretiva da União Europeia 2009/136/EC)
logo_competelogo_qrenlogo_uelogo_fct